A importância da roupa adequada

Todos nós já ouvimos a expressão, ou até mesmo já falamos, que “a primeira impressão é a que fica”. A popularidade da frase não é à toa: quantas vezes você já avaliou alguém pela roupa que ela estava usando? Pois é! Isso é super comum tanto no mundo corporativo quanto fora dele. Por isso, é necessário tomar cuidado com toda a sua aparência.
Segundo uma pesquisa desenvolvida no final da década de 60 pelo psicólogo e
professor Albert Mehrabian e mencionada em seus livros “Mensagens Silenciosas” (1971) e “Comunicações Não Verbais” (1972), podemos concluir que 55% da primeira impressão que uma pessoa tem de alguém está ligada à vestimenta e o exterior como um todo. Depois disso, existem outras características que também influenciam, tais como comportamento, tom de voz, expressão, gesticulação com 38% e, só depois o conteúdo: a fala com 7% de importância na primeira impressão.

Infelizmente, essa superficialidade na hora de avaliar o indivíduo é real e não mudou desde os anos 70. Aliás, ela toma proporções ainda maiores quando analisamos a evolução da moda nas últimas décadas, pois uma boa aparência, somada a um comportamento adequado nesse caso é o “cartão de visitas”. São eles que irão contribuir fortemente para a construção do seu marketing pessoal e do modo como os as pessoas olham para você. Nesse sentido, é de suma importância ser coerente e vestir uma roupa adequada ao local ou momento em que está.
Agora é sua vez! Não deixe que a vestimenta incorreta prejudique sua carreira
profissional e ainda interfira na sua construção da sua imagem pessoal. Seja o
protagonista da sua própria vida. Tome as rédeas do que você tem e quer fazer e siga em frente. Ler esse artigo e descobrir se a imagem que você pretende passar está em conformidade com quem você quer ser, perante a sociedade, é um ótimo começo.

COMPARTILHAR:

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados