CAPÍTULO 3 - ARRUMAÇÃO DE LOJA

ARRUMAÇÃO DA LOJA

O bem-estar na loja depende de muitos fatores. Um dos mais importantes é a arrumação, pois propicia uma boa impressão, tanto aos clientes quanto aos funcionários. Uma loja arrumada torna-se mais atraente e confortável, deixando o cliente à vontade e estimulado para comprar.

Visando manter uma padronização na aparência da loja e valorizar a apresentação dos nossos produtos, o vitrinista orienta a Gerência na arrumação. Porém, se você desejar colaborar com alguma idéia, converse com a Gerência. Estamos sempre abertos a novas sugestões.

Lembre-se: a sua colaboração para uma perfeita arrumação é essencial para o bom funcionamento da loja. Cabe à Gerência verificar se foi feita a reposição de peças vendidas e se as mercadorias estão corretamente expostas.

i) Seções da Loja

Para uma melhor organização, dividimos a loja em seções. Isso contribui para a correta e eficaz exposição dos produtos, contribuindo para estimular vendas e facilitar a demonstração para os vendedores. Cada seção é de responsabilidade de um vendedor, que deve sempre mantê-la arrumada e abastecida. Semanalmente, ou quinzenalmente, os vendedores devem trocar de seção, para que haja um rodízio, permitindo que todos conheçam todas as seções.

ii) Vitrine

A vitrine é o nosso cartão de visitas. Ela deve funcionar como um convite para que os clientes entrem na loja. Portanto, a vitrine deve estar sempre impecável, limpa e bem iluminada. Certifique-se de sempre verificar se ela está dentro dos padrões estabelecidos.

Se a última peça que tivermos em estoque for a da vitrine, podemos retirá-la. Devemos, porém, fazer a reposição com outra mercadoria, o mais rápido possível, mantendo o mesmo padrão de arrumação.

iii) Preços na Vitrine

Todos os produtos da vitrine devem ter seus preços expostos. Isto é obrigatório por Lei, portanto, o não cumprimento deste procedimento pode fazer com que a loja seja multada.

iv) Letreiros

O letreiro da loja é um grande apelo para fortalecer a nossa marca para o público. É através dele que os consumidores visualizam e se certificam da localização da loja. Eles devem ficar acesos durante todo o horário de funcionamento (no caso de shoppings) ou assim que começar a escurecer (em lojas de rua).

Existe um dispositivo que desliga automaticamente no horário certo, mas, se houver necessidade de alteração, consulte a Supervisão.

A Gerência é responsável por detectar falhas no funcionamento dos letreiros e entrar em contato com a empresa que os executou, para fazer um orçamento do conserto e remeter os custos para aprovação da Supervisão. Uma vez que possua a aprovação, a Gerência deve marcar a data para o conserto. O telefone da empresa responsável pelo letreiro deverá constar da agenda de fornecedores.

v) Balcão

O balcão é uma peça de apoio ao processo da venda, devendo permitir um atendimento rápido e garantir um bom serviço ao cliente. Por isso, não acumule mercadorias sobre ele.

Devem permanecer no balcão somente os materiais necessários para a realização da venda, tais como: calculadora, tabela de preço e canetas.

Os materiais de balcão devem ter seu estoque controlado pela Gerência, a fim de que nunca faltem itens necessários à operação de vendas.

Nunca deixe o balcão desarrumado, pois isso, além de depreciar a imagem da loja, facilita furtos e desorganiza o seu trabalho.

As etiquetas que se desprenderem devem ser recolhidas e recolocadas nas peças de origem imediatamente. Não deixe nada caído ao chão ou sobre os balcões.

EMBALAGEM

A embalagem determina a impressão final que o cliente leva da loja. Por isso, devemos manter o mesmo padrão de atendimento que vínhamos seguindo até a efetivação da venda.

A embalagem assegura ao cliente que a mercadoria adquirida permanecerá em perfeito estado durante o trânsito loja-local de destino e, no caso de presentes, valoriza ainda mais o produto e confirma para o cliente a boa aquisição que ele fez.

i) Sacolas

· Os Gerentes devem controlar a utilização de sacolas.

É proibido:
· Que funcionários retirem sacolas para uso próprio
- O uso de sacolas como latas de lixo
- Distribuir sacolas para quem não é cliente
- Enviar o “movimento” através de sacolas.
· Sacolas amassadas ou rasgadas devem ser devolvidas ao fornecedor.

ii) Embalagens de presente

· As embalagens de presente só devem ser utilizadas quando o cliente solicitar.
· Não é permitido fornecer embalagens para quem não é cliente.
· As caixas de presente devem ser montadas em quantidade suficiente para a demanda diária.
· As lojas recebem inicialmente um estoque para atender a demanda semanal. A Gerência deve acompanhar o estoque diariamente e, se necessário, solicitar reposição à matriz.

ESTOQUE

A arrumação e o controle do estoque são fundamentais para o bom andamento da loja, não só por facilitar o trabalho do vendedor, como para garantir um abastecimento adequado de mercadorias para a loja e prevenir perdas.

Para um controle maior do estoque, devemos fazer uma contagem de ao menos 20 códigos por dia e, no mínimo uma vez por mês, uma contagem física completa, ou seja, uma conferência de linha de produtos, quantidade e referência. Esta checagem deve ser feita em horário que não atrapalhe as vendas.

A contagem é feita em dupla: um conta e outro reconta. O registro da contagem é feito em uma ficha, que depois é conferida com o relatório do computador. Se houver alguma diferença na contagem, é necessária uma recontagem apenas dos itens que não coincidiram. Mantendo-se a divergência o escritório deve ser comunicado imediatamente. (Determinar com Kadu sobre a Triagem, correponde a função da estoquista)

i) Codificação de produto

Os produtos já chegam às lojas codificados. Esses códigos servem para identificar corretamente os produtos no sistema. Quando for necessário transcrevê-los para um documento/computador, nossa atenção deve ser redobrada, pois um erro no preenchimento causará distorções no controle de estoque da loja. Se você verificar algum erro no código, comunique imediatamente à Supervisão. Nunca deixe produtos sem etiqueta.

ii) Arrumação do estoque

O estoque deve estar sempre limpo e organizado. Nas lojas em que não há estoquista, a arrumação do estoque deve ser feita por seções, sendo que cada vendedor é responsável por uma. A cada mês é feito um rodízio dos vendedores pelas seções. Como forma de garantir a arrumação, as seguintes normas devem ser cumpridas:

· Conferir cuidadosamente se a mercadoria estocada está dentro dos padrões da Empresa.
· Separar por grupos de mercadorias, estilos etc.
· Manter as mercadorias nas embalagens próprias quando for o caso.
· Conservar as mercadorias adequadamente.

Além disso, é preciso zelar pela manutenção da área física do estoque como um todo. Desse modo, o vendedor deve estar atento aos seguintes pontos:

· Tirar o pó das mercadorias e prateleiras com espanador e pano úmido.
· Recolocar os itens deslocados para o seu lugar original.
· Varrer e passar pano de chão no assoalho. (verificar sobre essas questões)
· Não deixar plásticos fora do lugar ou no chão.

iii) Estoque estratégico voltado para giro e vendas

Mais do que simples armazenamento de peças, a organização do estoque pode ser desenvolvida com a finalidade de aumento de PV, giro de mercadorias com grades incompletas e PEPS. Estratégias devem ser desenvolvidas a cada coleção.

RECEBIMENTO DE MERCADORIA

Quando as mercadorias chegarem às lojas, devem ser colocadas num local predeterminado para que o VR ou o Gerente possa conferi-las, adotando os seguintes procedimentos:

· Verificar se a nota consta no sistema.
· Abrir uma caixa de cada vez.
· Conferir todo o conteúdo da caixa com as especificações da nota fiscal.
· Arrumar as mercadorias na loja.
· Depois que o conteúdo desta caixa estiver arrumado, iniciar a abertura da caixa seguinte, e assim por diante.
· Caso haja alguma divergência, cortar a tampa onde estiver escrito o número da caixa e a quantidade de mercadorias, anexando-a à nota fiscal para ser apresentada ao auditor, caso necessário.

MERCADORIA FORA DO PADRÃO

Quando algum defeito for encontrado em qualquer mercadoria à venda, deve-se separá-la, para que a Gestora avalie e decida o que deve ser feito, encaminhando, imediatamente, para a marca, conforme procedimento vigente.

VOLTAR PARA PÁGINA INICIAL
Pre-loader